Skip to content

Armadura de papel

23/12/2011

Sou eu que vou guardar teu sono
Eu e minha espada de brinquedo
Afastando o que te faz tanto medo
Minha princesa, meu bom sonho

Há três palmos do chão, gigante
Sorriso desdentado que brilha
Deixa eu guardar teu semblante
Te guardar como minha filha

Se vestir a minha armadura
Jamais o choro te tira do céu
Farei na cavalaria investidura
Se vestir a armadura de papel

Serei teu mais fiel cavaleiro
O mais poderoso gladiador
Às armas más dou meu peito
Tudo para não sentires dor

Mas se chorar, o coração dói
Se me pede um abraço ele ri
Castelo que o amor constrói
Foi para isso que afinal vivi

Me perdoa, se quando desatina
Te querer sempre uma menina
Mas foi assim que te quis amar
É como o cavaleiro vai guardar

Posto que vai crescer e partir
Para ser a mais linda mulher
Mas no fundo o que tio quer
É ver, ainda sem dente, sorrir

Esse é o sorriso que vai brilhar
Na minha armadura de papel

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: