Skip to content

Seja refratário!

25/10/2010

Acho que as obrigações foram feitas para serem descumpridas. Taí uma das coisas que mais dão felicidade. Aliás, se a felicidade fosse alcançada com uma listinha, o descumprimento de obrigações seria um dos itens. Não falo só de gazear aula, mas também – e principalmente – estar cheio de responsabilidades e abdicar delas para passar um dia com a família no aniversário do seu sobrinho, ou pra visitar uns amigos esquecidos pelo tempo e pela rotina, ou para ir pro buteco tomar umas com os amigos também desobedientes.

É como se tudo seguisse numa linha, que deve ser seguida continuamente e sem parar. Aí você do seu carrinho faz uma curva repentina e começa a seguir outro caminho. E vai até achar que está bom. Nisso reside o ponto-chave do negócio: saber a hora de voltar. Até porque não teria tanto sentido viver sempre flutuando,  porque não teria gosto deixar tudo e se divertir permanentemente. A essa sensibilidade chama-se sensatez. Ela é muito precisa em muitos momentos da vida.

Como tudo em demasia é prejudicial, voltarei amanhã às minhas tarefas: a noite já está adulta e o clima ameno urge por uma dormida debaixo dos lençóis. Aqui me despeço com um apelo: seja refratário! Pelo menos uma vez na vida.

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Virgínia permalink
    18/11/2010 19:04

    Adorei vini!!!
    Sério msm,mto bom!
    =D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: